HomeNotícias

Lançada primeira pedra para construção da delegação provincial de Nampula

Nampula - (29/12/2021) - A província de Nampula poderá contar em breve com um novo edifício, construído de raíz, para o funcionamento da delegação provincial do INSS, cuja primeira-pedra foi lançada esta Quarta-feira pela Ministra do Trabalho e Segurança Social, Margarida Adamugi Talapa.

 

 

De acordo com a governante, o acto enquadra-se no âmbito da materialização de um dos desafios do Governo de Moçambique, que é de implantar, de forma progressiva, infraestruturas públicas que possibilitem o atendimento condigno da população, no caso vertente, dos utentes do Sistema de Segurança Social Obrigatória gerido pelo INSS.

 

Segundo Margarida Talapa, faz muito tempo que a Província de Nampula e os utentes do Sistema de Segurança Social nesta parcela do país clamavam por um edifício moderno e condigno, visto que as actuais instalações, para além de não terem características adequadas para o funcionamento dos serviços, estão em constante degradação devido à sua localização (a escassos metros da linha férrea), o que acarreta custos elevados com as frequentes reabilitações.

 

"No âmbito da política de desenvolvimento imobiliário do INSS, estão a ser construídos de raíz edifícios um pouco por todo o país para o funcionamento dos serviços da Segurança Social e para arrendamento a terceiros", disse  Margarida Talapa.

 

Neste contexto, o País tem testemunhado, desde o ano passado, a inauguração de edifícios do INSS, em vários locais, como é o caso da Delegação Provincial de Cabo Delgado, na Cidade de Pemba, delegações distritais de Cahora Bassa e Angónia, na Província de Tete e a delegação distrital de Matutuíne, na Ponta D΄Ouro, província de Maputo. 

 

Margarida Talapa revelou que está igualmente prevista, para o próximo ano, a inauguração da Delegação Distrital do INSS de Buzi, na província de Sofala, já concluída.

 

O empreendimento terá dois pisos, sendo o primeiro para o funcionamento dos  serviços da Delegação Provincial do INSS e o segundo para o arrendamento.

 

Go to top