HomeNotíciasProva de Vida biométrica resultado das reformas do INSS

INSS oferece material de construção às vítimas do "Idai"

Sofala - (12/06/2019) - Nove pensionistas do Sistema de Segurança Social Obrigatória, afectados pelo ciclone "Idai", na província de Sofala, estão a beneficiar de material de construção, oferecido pelo INSS, no quadro do Programa de Acção Sanitária e Social da instituição.

 

Trata-se de material de construção constituído por chapas de zinco, barrotes, cimento e varões, que está a ser distribuído aos pensionistas localizados na cidade da Beira, bem como nos distritos de Búzi, Chibabava, Nhamatanda e Dondo.

 

O acto da oferta do referido material tem estado a decorrer sob a direcção do Presidente do Conselho de Administração (PCA) do INSS, Francisco Mazoio, que se encontra em visita de trabalho, desde esta Segunda-feira, dia 10, à província de Sofala, no quadro do acompanhamento das actividades da Segurança Social.

 

Dirigindo-se aos quatro pensionistas, sendo dois da cidade da Beira e outros dois do distrito de Búzi, que receberam o respectivo apoio, nesta Segunda e Terça feiras respectivamente, o PCA disse que o gesto do INSS traduz-se na vontade da instituição em continuar as suas acções de apoio às vítimas do ciclone "IDAI".

 

Francisco Mazoio, que falava igualmente na presença do administrador do Conselho de Administração do INSS, Gonçalves Zitha, do delegado do INSS em Sofala, Daniel Simbanai, bem como de outros quadros do INSS ao nível Central e provincial, reiterou a prontidão da instituição à mobilização nacional que visa reconstruir as zonas afectadas por aquela intempérie que afectou a zona Centro do País, com principal destaque às províncias de Manica e Sofala.

 

Francisco Mazoio irá proceder ainda, ao longo desta semana, à entrega do material de construção aos pensionistas dos distritos de Chibabava, Nhamatanda e Dondo, no quadro da visita que realiza à província de Sofala.

 

O ciclone "Idai" que afectou Moçambique, Zimbábwe e Malawi, deixou um rastro de destruição sem precedentes ao nível do nosso País, tendo a sua passagem, segundo dados oficiais, resultado na morte de pouco mais de 600 pessoas, bem como no ferimento de mais de 1.600.

 

 

 

Parceiros sociais avaliam positivamente o relacionamento com o INSS

Os parceiros sociais do Sistema, nomeadamente os secretariados provinciais da Organização dos Trabalhadores Moçambicanos-Central Sindical, Confederação dos Sindicatos Independentes e Livres de Moçambique, bem como do Conselho Empresarial Provincial  mostraram-se satisfeitos com a relação de trabalho que mantém com a delegação do INSS da Província de Sofala.

 

As organizações saudaram os esforços do INSS em aproximar-se cada vez mais aos cidadãos através das reformas tecnológicas que tem estado a introduzir, com principal destaque ao Sistema de Informação da Segurança Social de Moçambique (SISSMO).

 

Não obstante estes avanços, os parceiros sociais encorajam o INSS a continuar a apostar na melhoria do atendimento aos utentes do Sistema, bem como na redução do tempo de espera na respostas às solicitações dos utentes.

 

As três organizações manifestaram a sua satisfação durante o encontro que mantiveram, em separado, com o PCA do INSS, Francisco Mazoio, no quadro da visita de trabalho que realiza na província de Sofala.

 

Ainda no quadro desta deslocação à Sofala, Mazoio manteve um encontro de cortesia com o Director Provincial de Trabalho, Emprego e Segurança Social, Jaime Chicamisse, bem como visitou os contribuintes Emodraga e Companhia de Pipelane moçambique-Zimbábwe, empresas consideradas exemplares no cumprimento das suas obrigações para com o Sistema.

 

m contribuicao logo alto5

Go to top