HomeNotíciasMelhores contribuintes e jornalistas distinguidos pelo contributo em prol do Sistema

Plano de actividades e orçamento para o ano de 2024 em harmonização

Província de Maputo - (15/05/2023) - Com o objectivo de discutir e harmonizar as propostas de actividades e orçamento para o ano de 2024, técnicos do INSS, em representação dos Serviços Centrais e das Delegações Provinciais, estão reunidos desde esta Segunda-feira na localidade de Macaneta, distrito de Marracuene.

 

 

O evento, com a duração de cinco dias, junta 26 funcionários de diversas unidades orgânicas dos serviços centrais, nomeadamente Administração e Finanças, Seguro Social, Recursos Humanos e Informática, bem como os chefes provinciais de Administração e Finanças.

 

Intervindo na sessão de abertura em representação do Director Geral, Jaime Custódio Nhavene, Director de Administração e Finanças, destacou o trabalho que a instituição tem vindo a realizar no âmbito da consolidação do processo de modernização e informatização do Sistema de Segurança Social, que permite a automatização dos procedimentos e maximização dos mecanismos de controlo e gestão, tendo como foco a prestação de melhores serviços aos utentes da Segurança Social.

 

Recordou a publicação da conta anual de 2021, cuja opinião do auditor independente foi sem nenhuma reserva, como um dos marcos da história da instituição.

 

Afirmou estar em curso o processo interno de consolidação da conta do exercício económico de 2022, cuja publicação está prevista para finais do mês de Agosto.

 

"Nesta matéria, saudamos a todos que directa ou indirectamente tem contribuido para a publicação regular das contas de exercícios económicos e encorajamos que se mantenha este ritmo de prestação contínua e pontual de contas a todos stakeholders", referiu.

 

Afirmou que o INSS, através do Plano Estratégico em vigor, define como objectivos estratégicos, aumentar a cobertura contributiva; melhorar e expandir os serviços; melhorar os instrumentos de controlo e gestão do INSS e garantir a sustentabilidade financeira do Sistema.

 

Neste contexto, destacou a necessidade de se privilegiarem acções visando a sensibilização e inscrição de novos contribuintes, beneficiários e dos Trabalhadores por Conta Própria, expansão territorial do Sistema, bem como a redução da dívida de contribuições.

 

Acrescentou que o INSS continua, fortemente, focado na consolidação da cobertura territorial, facto que coloca o desafio e encorajamento em se investir mais em infra-estruturas de funcionamento em zonas onde não estão implantadas instalações administrativas para o atendimento aos utentes, assim como em prosseguir com as acções de modernização do Sistema, o que impõe um esforço adicional na arrecadação das receitas de contribuições e de investimentos, para garantir o financiamento das actividades operacionais nos próximos anos.

 

 

Go to top