HomeNotíciasINSS pretende mudar paradigma dos seus aposentados

Cobertura da segurança social na Zambézia sairá de 32 para 86%

Zambézia - (23/05/2024) - O presidente do Conselho de Administração do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), Kabir Fahar Ibraimo, disse na Zambézia, onde se encontra em visita de trabalho, de 22 a 25 de Maio corrente, que a sua instituição está a trabalhar para que aquela que é a segunda província mais populosa do país atinja a cifra de 86 porcento nos próximos anos, em termos de cobertura do sistema de segurança social obrigatório.

 

 

De acordo com Kabir Ibraimo, o INSS aposta para que nos próximos tempos a província tenha uma cobertura dos seus serviços em 86%, contra os actuais 32%, através da criação de mais 5 delegações distritais e 14 postos de atendimento, em diferentes pontos da província, no âmbito da política de expansão dos serviços prestados pelo INSS até aos pontos mais distantes do território nacional, como forma de materialização do desiderato constitucional de um sistema inclusivo.

 

Actualmente, o INSS na província da Zambézia está fisicamente presente em três delegações distritais, nomeadamente Mocuba, Gurué e Milange, 1 posto de atendimento em Mopeia, assim como através de Representações distritais em Alto Molócué, Morrumbala e Gilé. Ou seja, actualmente, o sistema de segurança social obrigatório, gerido pelo INSS, na Província da Zambézia está em 7 dos 22 distritos.

 

O PCA do INSS está na Zambézia no quadro da monitoria e avaliação das actividades desenvolvidas pela delegação provincial do INSS, estando, igualmente, a auscultar os parceiros sociais, nomeadamente os sindicatos e os empregadores, bem como manter encontros com as autoridades governamentais da província, com destaque para a Secretária de Estado e do Governador da Zambézia. Para além da visita a alguns contribuintes na cidade de Quelimane, o PCA visitará a obra de construção da delegação distrital do INSS em Morrumbala, em curso.

 

 

Go to top